Montando Mala de Viagem

IMG_0024-01

As férias chegaram, e com ela, a tão esperada viagem.

Oba!!

Você trava na hora de fazer as malas, ou você é do tipo prático que vai colocando tudo que “acha” necessário e no final acaba nem usando tudo ou falta alguma coisa?

Você já ouviu falar em mala inteligente?

Acredito que sim, você já ouviu falar, mas talvez não deu tanta importância até precisar montar uma!

Afinal, como fazer uma mala inteligente?

Então, vamos lá e você vai ver que não é um bicho de sete cabeças como parece.

Quem é muito ansioso como eu, tenho certeza que já fez as malas muito tempo antes e depois, ficou abrindo e fechando pra se certificar se estava tudo lá (quem nunca? Rs)

A verdade é que não tem segredo! Nada de tirar tudo do guarda-roupa! Você precisa conhecê-lo antes de tudo, para evitar fazer aquela bagunça e levar peças que você nunca usa, pois uma regra é clara: se você não usou determinada peça esperando “uma ocasião” não será na viagem que você vai usar, ok?

Claro que você já sabe a estação/clima do destino, e conhecendo suas peças, já facilita na hora de separar os looks pra colocar na mala. É extremamente importante levar os looks que você já tenha experimentado que lhe caia bem e não precisa ficar experimentando roupas na hora “H” certo?

E se você vai deixar pra comprar roupas na viagem, é bom você listar antes o que quer, ou precisa, pra não ter gastos desnecessários ou comprar coisas que você não vai usar lá, nem em outro lugar!

Outra dica superimportante é levar peças de cores neutras que combinem entre si, que você consiga montar vários looks (também serve para as bolsas e calçados) mudando apenas os acessórios e ou usando algumas sobreposições, você pode usar durante o dia e a noite pra jantar, por exemplo, um macaquinho ou vestidinho que usou durante o dia pra tomar um café e vai estender a noite, só usar um coletinho ou casaquinho. Basta usar a criatividade!

Se você for ficar 10 dias, não precisa levar 10 looks, até porque você não vai sair de manhã e voltar só a noite. E também não é legal levar os looks “contadinhos” porque pode acontecer um imprevisto e você ficar na mão!

O ideal é que para cada parte de baixo, você leve 5 ou 6 partes de cima, porque a parte de baixo a gente acaba usando mais vezes, e a de cima é bem mais difícil, porque transpiramos, cai comida (quem é mãe vai se identificar, haha desespero!!) enfim, suja fácil! E não necessariamente que você vai usá-la apenas com essa parte que você separou, lembre-se que ela também combina com as outras peças.

A mala inteligente é nada mais nada menos do que uma mala prática, onde você leva apenas o essencial, sem exagero e coisas desnecessárias. Principalmente agora que os aeroportos estão cobrando franquia de bagagem, e a gente precisa ficar longe dessas taxas não é?

Espero ter ajudado, e se vocês quiserem algo mais específico sobre esse tema, me fala que eu vou ter um mega prazer em te ajudar!

 

Beijos

 

 

 

Autor: Gi Santana

Mãe aventureira, sonhadora, estudante e apaixonada por Moda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *